Que Pérola é essa?

Tempo de leitura: 2 minutos

ostra-com-perolaQuando você compra um acessório com Pérolas ou as próprias contas de Pérolas para fazer acessórios, certamente não se preocuparia em saber qual o tipo de pérola, se é de mar ou rio, se é natural, se é artificial… À primeira vista esta poderia ser uma informação irrelevante, porque afinal isto não vai alterar a estética da peça, nem o seu uso. De fato não precisa ser um expert em Pérolas para comprá-las, no entanto um pouco de conhecimento sobre elas nunca é demais, principalmente para quem revende – seus clientes ficariam impressionados se você informasse o tipo de pérola presente no acessório! Fica aí a dica!

Voltando às Pérolas, em primeiro lugar, vamos deixar claro que Pérola não é pedra. Pode ser chamado de gema, porém é proveniente de material orgânico, diferente das pedras que são minerais. Existem no mercado vários tipos de Pérolas, mas vamos nos ater àquelas mais conhecidas: a cultivada, e a artificial. Comecemos com as Pérolas Cultivadas. Pode ser que você já saiba que uma Pérola de origem 100% natural é aquela em que um corpo estranho entrou no molusco. Este corpo estranho o irritou tanto que ele começa a produzir como defesa o nácar que lentamente envolve o intruso. Passado um tempo – estamos falando em anos, 2, 3, talvez mais, se abrirmos o molusco, uma conta de Pérola será o resultado deste embate travado entre ele e corpo estranho. Esta é então denominada Pérola 100% natural porque é obviamente resultado de um processo da natureza.

E as Cultivadas? Ao contrário do que muita gente supõe, as Pérolas cultivadas são tão verdadeiras quanto a 100% natural com uma pequena diferença: o corpo estranho que entra no molusco é na verdade introduzido pelo homem. Ambas as Pérolas são resultados de um mesmo processo e se formam durante alguns anos no fundo de lagunas em águas doce ou salgadas.

Já as Pérolas artificiais não são originadas de moluscos. Seu nome já diz tudo, são artificialmente criadas pelo homem, que cobre um plástico ou resina com uma pintura imitando aquele tom cintilante do nacar. Seu peso normalmente é muito leve e são as mais baratas do mercado, o que pode se tornar um grande atrativo.

No entanto, apesar de muito baratas, as Pérolas artificiais perdem de longe para as Pérolas cultivadas que dominam o mercado. Como as Pérolas 100% naturais são cada vez mais raras (e caras!), as cultivadas são uma grande vantagem em termos de beleza, variedade e preço. Elas representam 90% do comércio total de Pérolas! Sua avaliação depende da forma, cor, tamanho e brilho e são muito valorizadas pelas joalherias do mundo todo.

Há muito mais a dizer sobre as Pérolas, por isso, num próximo artigo, vamos apresentar os tipos de Pérolas Cultivadas que existe no mercado, o que certamente irá enriquecer ainda mais seu conhecimento acerca destas pequenas jóias da natureza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *